NORMAS DE PUBLICACIÓN EN PORTUGUÉS

Normas para publicação

REVISTA DIGITAL DO PROGRAMA POLÍTICAS LINGÜÍSTICAS

NÚCLEO EDUCAÇÃO PARA A INTEGRAÇÃO

ASSOCIAÇÃO DE UNIVERSIDADES GRUPO MONTEVIDÉU

RDPL NEPI AUGM

I. Orientações gerais para publicação

1. Os artigos devem ser inéditos.

2. Os originais deverão ser escritos em espanhol ou português.

3. Para decidir a sua publicação, os trabalhos serão previamente avaliados por um Comissão Editora.

4. Não serão publicados aqueles textos cujo conteúdo promover qualquer tipo de discriminação.

5. A título excepcional, serão aceitos trabalhos já publicados em revistas estrangeiras, sujeitos à mesma avaliação

de originais inéditos. O autor deverá apresentar a autorização, por escrito, do editor da revista na qual seu artigo foi

originalmente publicado.

6. A RDPLnão se responsabiliza pelas opiniões, imagens, textos e obras dos autores, os quais serão os únicos

responsáveis pelo seu conteúdo.

7. A Comissão Editora poderá introduzir pequenas mudanças, sem alterar o estilo e as opiniões dos autores, a fim

de manter a homogeneidade da publicação.

8. Alterações substanciais serão solicitadas aos autores.

9. Todo trabalho deve ser acompanhado de Resumo, Palavras-Chave e Abstract/Keywords.

10. Após o recebimento do artigo, ele será convertido para o formato HTML pela equipe editorial.

11. Seguindo padrões internacionais, o artigo deverá ser assinado pelas pessoas que efetivamente participaram de

sua elaboração, reservando-se a revista o direito de investigar a participação concreta de algum ou todos os seus

membros. A conclusão de que um autor tentou plagiar qualquer trabalho sobre esta ou qualquer outra publicação

fará com que sejam automaticamente excluídos no futuro aqueles trabalhos nos quais apareça o autor como tal.

II. Orientações específicas para a apresentação de trabalhos

APRESENTAÇAO DOS TEXTOS

A apresentação do trabalho deve seguir o seguinte protocolo:

A primeira página deve conter:

• Título centralizado, em espanhol e inglês ou português e inglês, em negrito, Arial, tamanho 14 pontos e em

maíúsculas sostidas.

• O/s sobrenome /s, e o/s nome /s do autor ou autores, irá aparecer abaixo do título em negrito no tamanho

(Arial 12 pontos), em ordem de importância ou alfabética dos sobrenomes (segundo o critério dos autores).

Abaixo dos autores, aparecerão, em fonte tamanho 10 pontos, os endereços de e-mail, e filiação institucional

do / s autor / es, seguido do nome da Universidade à qual pertencem e do país dela. Endereço completo dos

autores, incluindo CEP, fax, fone e e-mail.

FORMATO DOS TEXTOS

• O texto deve respeitar as seguintes indicações:

• Deverá ser apresentado em formato Microsoft Word, com fonte Arial tamanho 12 pontos, espaço duplo e

sem espaço em branco entre parágrafos;

• Não deverá exceder 25 páginas e poderá ser escrito indiferentemente em espanhol ou português;

• Os títulos, em negrito, tamanho 14 pontos e em maíúsculas sostidas, devem ser centrados e escritos em

espanhol ou português e inglês;

• Os títulos dos capítulos tamanho 11 pontos, irão em maiúscula, negrito e sem ponto final;

• Nas palavras a serem destacadas devem-se usar itálicos;

• Não deve-se usar o formato especial para as citações;

• Deve-se usar o número mínimo de notas. Sempre que indispensável, devem ser numeradas com

algarismos arábicos e dispostas em página separada no final do texto e não no final da página;

• O resumo não deverá exceder 120 palavras e deverá ser escrito em espanhol ou portugués, e inglês;

• As palavras-chave nas duas línguas, não deverão ser mais de cinco e devem acompanhar os resumos dos

artigos;

• O texto pode conter ilustrações, fotografias, gráficos ou desenhos- sempre que se justificar a sua presentapor se referir a apresentações de dados ou conteúdo essencial para a compreensão do documento. Estes

devem sempre ser originais ou ser acompanhados da permissão do editor ou do autor para publicação em

formato digital (.jpg ou .gif) em cores ou preto e branco. Eles devem ser incorporados no texto em local

adequado.• As tabelas devem ser acompanhadas por um cabeçalho, a fim de compreender o significado dos

dados coletados, sem necessidade de fazer referência ao texto, sempre colocado acima.

• As recensões não devem exceder 10 páginas.

• A verificação ortográfica é de responsabilidade de cada autor.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E CITAÇÕES NO TEXTO

As citaçõesno texto e as referências bibliográficassão obrigatórias e devem seguir as regras estabelecidas pela

American Psychological Association (APA1) http / / www.ip.usp.br/biblioteca/biblioteca_produtos.htm

As referências bibliográficas ou notas não serão incluídas no texto. Estas devem ser listadas em ordem alfabética

por autor em uma seção especial no final do artigo sob o nome de REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.

A. 1.As citações de autores deverão ser feitas através do sobrenome do autor seguido pelo ano da publicação do

trabalho. Exemplo: Macedo (2005).

A. 2.Para citação de artigo de autoria múltipla, as regras são as seguintes:

a) três a cinco autores- a primeira vez que aparecem no texto cita-se o nome de todos os autores; em citações

subseqüentes cita-se o sobrenome do primeiro autor seguido por "et al. O sobrenome de autores é mencionado

sempre em letras minúsculas, em todas as citações, com a primeira letra maiúscula. O "e" é usado para separá-los

no texto quando os sobrenomes não estiverem dentro do parênteses. Quando a citação estiver entre parênteses, o

símbolo "&" deve ser colocado antes do último autor. Exemplos: O método proposto por Siqueland e Delucia (1969)

ou O método foi inicialmente proposto para o estudo da visão (Siqueland & Delucia, 1969). Na lista final de

referências devem ser citados todos os nomes dos autores.

b) seis ou mais autores – No texto , desde a primera citação , somente o sobrenome do primeiro autor é

mencionado, seguido de "et al .. Exemplos: Como analizam Thielen et al. (2007), ou ainda, Para alguns autores

(Thiel et al., 2007). Nas referências cita-se o sobrenome dos seis primeiros autores e abrevia-se o sétimo autor e

posteriores (se houver), usando a expressão "et al."; todos os nomes são apresentados em letras minúsculas, entre

vírgulas, com o símbolo "&" antes do sobrenome do último autor.

A. 4. Citações de obras antigas e reimpressas deve ser feitas da seguinte forma: Franco (1790/1946).

A. 5. No caso de transcrição literal de um texto, a citação deve ser apresentada entre aspas, seguida do sobrenome

do autor, data e página citada. Exemplo: "A alteração dos valores observados no presente decorre da passagem de

valores virtuosos ..." (Conte, Oliveira, Henn, & Wolff, 2007, p. 97).

A. 6.No caso das citações textuais, de 40 ou mais palavras, devem ser apresentadas em parágrafo único, sem

aspas, deixando uma margem de recuo de 5 espaços à esquerda, sem margem de recuo na margem direita.

B. Títulos de livros, jornais, relatórios, teses e trabalhos apresentados em congressosdevem ser colocados

em itálico.

B. 1. Artigo em jornais científicos

Gomide, P. I. C., Guimarães, A. M. A., & Meyer, P. (2003). Análise de um caso de extinção do poder familiar.

Psicologia: Ciência e Profissão, 23 (4), 42-47.

Em referência de até cinco autores, os nomes de todos os autores são mencionados. Para referências, com seis ou

mais autores, constam os sobrenomes dos seis primeiros e é abreviado o sétimo autor e subseqüentes (se houver)

se empregando a expressão latina "et al.":

Carvalho Neto, M. B., Maestri, T. C., Tobias, G. K. S., Ribeiro, T. C., Coutinho, E. C. N. N., Miccione M. M. et al.

(2005). O jato de ar quente como estímulo punidor em Rattus norvegicus. 21 (3), 335-339.

B.2. Livros

Féres-Carneiro, T. (1983). Família: diagnóstico e terapia. Rio de Janeiro: Zahar.

Piaget, J. (2002). A construção do real nas crianças (3ª ed., RA Vasques, trad.). São Paulo: Ática.

B.3.Obras antigas com reedição em data muito posterior

Franco, F. M. (1946). Tratado de educação física das   crianças. Rio de Janeiro: Agir. (Trabalho original publicado

em1790).

B.4.Capítulo de Livro

Blough, D. S., & Blough, P. (1977). Animal psychophysics. In W. K. Honing & J.

E.Staddon (Eds.), Handbook of operant behavior(pp. 514-539). Englewood Cliffs, NJ: Prentice-Hall.

Freud, S. (1977). Histeria. In S. Freud, Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund

Freud(J. Salomão, trad., Vol. 1, pp. 77-102). Rio de Janeiro: Imago. (Trabalho original publicado em 1888).

B. 5. Autoría institucional

American Psychiatric Association. (1988).DSM-III-R, Diagnostic and statistical manual of mental disorder(3rd ed.

rev.). Washington, DC: Author.

B. 6. Trabalho apresentado em evento

Yamamoto, M. E. (2001). O  uso do laboratório de ensino de psicologia em universidades federais. In  Resumos de

Comunicações Científicas, XXXI Reunião Anual de Psicologia (p. 19). Ribeirão Preto, SP: Sociedade Brasileira de

Psicologia.

B. 7. Trabalho apresentado em evento, mas não publicado

Haidt, J., Dias, M. G., & Koller, S. (1991).). Disgust disrespect and culture: Moral judgement of victimless violation in

the USA and Brazil . Documento apresentado na Annual Meeting of the Society for Cross-Cultural Research, Isla

Verde, Puerto Rico.

B. 8. Dissertações e Teses

Costa, L. (1989).  A família descasada:  interação, competição e estilo. Estudo de caso. Dissertação em Tese de

Mestrado, Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília, Brasília, DF.

Melo, M. H. S. (2003). Crianças com dificuldades de integração no ambiente escolar: uma intervenção multifocal.

Tese de Doutorado, Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, SãoPaulo.

B. 9. Documentos em meio eletrônico

Bernardes, A. G., & Guareschi, N. M. F. (2004). Trabalhadores de saúde mental : cuidados de se próprio, e formas

de  subjetivação.  Psicologia  USP,  15  (3),  81-101.  Recuperado  em  6  de  Outubro  de  2007,  SciELO  (Scientific

Electronic Library Online): http://www.scielo.br/scielo/

B. 10. Obra no prelo

Amorim,  A.  M.,  &  Peres,  T.  C.  (no  prelo).  Metadados  xml  na  produção  de  revistas  e  do  portal  PEPSIC

re-racionamento com banco de dados Clsis da metodologia SciELO.  Psicologia para a América Latina [ Versão

Electrônica]. Acesso: PePSIC (Jornais Eletrônicos em Psicologia): http://www.bvs-psi.org.br/;

http://www.psicolatina.org/

Respeitada a seqüência de ordenação dos nomes, é a última referência ao autor.

Nos casos não contemplados dos itens acima, consulte o manual publicado pela

American Psychological Association (APA, 2001) ou os documentos "Citações no

Texto (APA)" e "Padronização de Referências (APA)”.

www.ip.usp.br/ biblioteca / biblioteca_produtos.htm